1* de abril de 2008 - oitavo dia


Boa noite, pessoal!

Hoje náo teve choro, felizmente. Passei um dia mais tranqüilo, porém sentindo algumas dores no pescoço, onde foi colocado o bendito cateter.

O procedimento foi feito com muita tranquilidade, presteza e competência, pelo dr. Saint Clair. Baita cirurgiáo. Só doeu na hora da picada, depois foi normal pois estava anestesiado.

Fiquei com uns canos pendurados pelo pescoço, de grosso calibre. Logo em seguida já desinstalaram o port-a-cath e passaram os remédios venosos para o novo lugar. Até aí, tranquilo.

Mas depois começou uma coisa chata: deitei para descansar e ficar em repouso, até o sono chegar. Quem disse que eu conseguia ficar deitada? Doía o pescoço e máo encontrava nenhuma posiçao confortável. E assim passei minha noite, acordando e dormindo. Mais acordada que dormindo. Foi a primeira vez de todas as internaçoes que passei uma noite táo dolorida e sem dormir...

Mas tudo passa, felizmente. A enfermeira do dia já reajeitou o curativo e distribuiu os caninhos de uma forma melhor, que náo atrapalhe o meu corpo quando deitar.

Hoje a Aura, minha companheira de quarto teve febre e passou mal; está no auge da baixa imunidade e tudo fica complicado. Lembro do que eu sentia quando estava assim. 'E duro...

Precisamos de oraçoes. Aqui náo é nada fácil. Mas vai passando o tempo e tudo vai se ajeitando...

Agadeço a vcs que estáo nos dando força e oraçoes. Recebo mensagens lindas, motivadoras e carinhosas.

E hoje, para engrandecer ainda mais o meu dia, recebi a visita da máe. Ela se produziu toda, veio linda e elegante, cheirosa e carinhosa como sempre. Fez sucesso aqui no TMO. Só náo consegui curtir melhor a visita dela e depois da Isabel, porque estava medicada para dormir e segurei o máximo que consegui. Mando daqui um beijo para a Isabel (minha irmá) pois nem a vi sair...

Agora tenho que homenagear minha outra irmá, a Tetê. Ela está de aniversário , nos seus trinta e unsssssssssss, cada vez mais querida, solidária e bonita. Olha aqui, Tetê, um presente especial prá ti, cheio de beijos, muito amor e carinho.


Um abracinho pode dizer tantas coisas
"Tenho saudades"
ou então
"Vou me lembrar de você"
Pode também querer dizer
"Você é muito especial",
ou,
melhor do que tudo,
"Eu amo você".

Um abraço pode muita coisa...
amenizar uma dor,
acalmar um receio,
alegrar a gente,
afastar a tristeza...


Parece quase um milagre
todas as coisas
que um simples abraço pode fazer.


Clique aqui para enviar esta
mensagem a alguém especial no dia do seu aniversário



0 Comments: